terça-feira, 4 de janeiro de 2022

PESADELO - Hélio Ramirez

Considero essa música uma das obras primas do paisano. Lembro que ela surgiu lá pelos anos setenta e a cantávamos nas serenatas. Alguns insinuavam que o autor deveria estar muito louco ao compor a letra. Esses afoitos não imaginavam a tremenda capacidade criativa do Hélio em processar o cabedal de leituras, filmes e vivências e transforma-las em arte poética e musical.
Com elementos do surrealismo, psicanálise, apocalipse, referências a Andy Warhol, Salvador Dalí e outros, além do ambiente persecutório da ditadura Militar à época, a letra é um assombro que nos leva em turbilhão como bem diz o paisano.
A música faz parte do CD Caminhos de Si junto com o poema Delírio do Martim César.
Fizemos, Ana Julia Breunig de Freitas , Santiago Passos e eu, as imagens em agosto na Casa Azpiroz que, além de moradia, arte e hospedagem, também é Cine.
Espero que lhes guste!
Ficha técnica:
Do CD CAMINHOS DE SI.
Música e letra: Hélio Ramirez
Arranjo: Leonardo Oxley e Fabrício Moura
Baixo eletroacústico, violão e bandolim: Fabrício Moura
Violoncello e violino : Leonardo Oxley.

Nenhum comentário:

Jaguarão e Lago Merín - Refúgios de Belchior na Fronteira Sul

  Programa Café da Manhã do DCM recordou a passagem  de Belchior por Jaguarão e Lagoa Mirim- Aqui sendo recebido na Casa de Cultura Montevi...