sexta-feira, 15 de março de 2013

Prefeito Cláudio Martins apresenta projeto de Jaguarão para o PAC 2- Cidades Históricas em Brasília.



O Prefeito Cláudio Martins apresentou o projeto com as prioridades do município de Jaguarão para o PAC 2 – Cidades Históricas em Brasília nesta terça-feira (12), onde esteve reunido com a Presidenta Jurema Machado, gestores e técnicos do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

Jaguarão está entre as 44 cidades do país, e as quatro cidades do Estado, que são prioritárias para a execução de obras do programa orçado em R$ 1 bilhão, com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento urbano das cidades históricas e tornar o patrimônio cultural eixo indutor na geração de renda, agregação social e afirmação das identidades.Na reunião, que integrou o processo seletivo do programa, acompanhado pela arquiteta Ariane Rojhan, da Secretaria de Planejamento do município, e da responsável pelo Departamento de Patrimônio Histórico da Secretaria de Cultura e Turismo, Andréa Lima, o Prefeito apresentou ao todo dezesseis ações, entre propostas de restauro de monumentos e edificações de uso público e requalificação de espaços públicos, concentrados na área tombada de Jaguarão. 

Entre os projetos de maior importância apontados estão a requalificação da orla do rio Jaguarão, junto às obras de restauro da Ponte Mauá e do Mercado Público, a restauração da Igreja Matriz do Divino Espírito Santo e do prédio do Antigo Fórum, atual Casa de Cultura.

Também foram discutidas propostas para contratação de projetos e execução de restauro de outros imóveis da cidade, como o Instituto Histórico e Geográfico de Jaguarão, o prédio da antiga Inspetoria Veterinária, de propriedade do Estado, que se encontra abandonado em plena zona central, e o Clube Social 24 de Agosto, primeiro Clube Negro tombado como Patrimônio Histórico pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado (IPHAE).

Com entusiasmo, o Prefeito destacou a importância deste programa para Jaguarão. “Trabalhamos com a perspectiva de conseguir um volume significativo de recursos para a recuperação do patrimônio cultural de nosso município. Estamos colhendo os frutos de investimentos feitos em projetos e das políticas traçadas pelo governo, que apostam no turismo e no patrimônio cultural como geradores de desenvolvimento, emprego e renda para a região”, salienta Martins.


Os resultados oficiais do processo seletivo do PAC – Cidades Históricas serão divulgados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional no mês de abril. “ Estou confiante de que tais projetos injetarão um grande volume de recursos no município”, finalizou o prefeito.

Texto: Andréa Lima



Fonte: http://www.clicsul.net
Postar um comentário