terça-feira, 18 de junho de 2013

Juan Schellembe​rg e Musa Híbrida faturam maior número de prêmios no Brasil Sul de Música


Em um ambiente descontraído e repleto de talentos da região de Pelotas e apreciadores de boa música, foi realizada na noite do último sábado, dia 15, a primeira edição do Prêmio Brasil Sul de Música, evento financiado pelo ProCultura de Pelotas. O grande destaque da cerimônia realizada no Theatro Guarany foi o uruguaio Juan Schellemberg, que atualmente reside em Jaguarão, indicado em seis categorias com o álbum Suite Montevideana que faturou cinco prêmios, entre eles o de Melhor Disco na categoria geral. Outro grande premiado da noite foi o Musa Híbrida, indicado em cinco categorias e vencedor de quatro, entre eles Melhor Disco do gênero Música Livre e Revelação 2012.
A noite começou com uma linda homenagem ao Mestre Baptista através da exibição de um trecho de um documentário sobre o fomentador da cultura afro e do tambor de sopapo e um show de percussão arrepiante formado pelo quarteto Alabê Oni. Entre as 24 premiações da noite, algumas inserções musicais de artistas como Aluisio Rockembach, Gilberto Oliveira e Gil Soares abrilhantaram o evento.
Na categoria mais concorrida da noite, MPB, o pelotense de coração Kako Xavier, um dos músicos do Alabê Oni – em turnê por 60 cidades do Brasil – faturou o prêmio Melhor Disco, com Minha Praia, gravado em Porto Alegre em 2009 e lançado em 2010. A produção já havia sido indicada no Prêmio Açorianos em 2011 nas categorias Melhor Cantor e Melhor Disco MPB e contemplado no projeto Pixinguinha da Funarte
“O ProCultura tem três anos em Pelotas e está se firmando cheio de boas intenções. O Prêmio Brasil Sul de Música é uma iniciativa que já deu certo. A organização está de parabéns por esta ideia”, disse o artista que também estava concorrendo a Melhor Produtor e Melhor Disco de Rock, com o grupo Procurado Vulgo.
Nova aposta
Uma das maiores surpresas da noite foi o número de conquistas da banda recente Musa Híbrida, que não só levou o troféu de Melhor Disco e Melhor Compositor do gênero livre - para Alércio - como foi considerada a Revelação 2012. O disco gravado no ano passado é o primeiro trabalho da vocalista Camila Cuqui com música.

O troféu júri popular, computado através do número de curtidas em cada capa de disco que podia ser visualizada na Fan Page do Prêmio no Facebook foi para a banda de rock Thunderbird.
O destaque da noite
Foram dois anos de trabalho atrapalhados por uma série de fatores como uma fratura no braço direito após uma aventura nos campos de futebol, mas depois de superar os contratempos Suite Montevideana, de Juan Pablo Schellemberg, ficou pronto. E o trabalho de excelente qualidade não só levou o prêmio de Melhor Disco Geral e de sua categoria – instrumental – como rendeu os troféus de Melhor Arranjador, Produtor – ao lado de Luis Ravizza e MartinBerloto e Melhor Compositor. “É inacreditável ter ganhado todos estes prêmios. Eu acredito na minha música sabes? Mas ter o teu trabalho reconhecido é uma grande honra”.

Confira os vencedores:
CATEGORIAS GERAIS
Melhor Arranjador: Juan Schellemberg, álbum Suite Montevideana
Melhor Projeto Gráfico: Regina Veiga e Rodi Nuñez – Mandinho, de Leandro Maia
Melhor Produtor: Juan Pablo Schellemberg, Luis Ravizza e MartinBerloto – Suite Montevideana
Melhor Disco: Juan Schellemberg – Suite montevideana
Disco Revelação: Livro livre – Musa Hibrida
CATEGORIA MÚSICA REGIONAL / FOLCLORE
Melhor Compositor: Marco Aurélo Vasconcelos – Já se vieram
Melhor Intérprete: Maria Conceição – Essência
Melhor Instrumentista: Gil Soares – Essência
Melhor Letrista: Xirú Antunes – Terra a dentro
Melhor Disco: Terra adentro, de Xiru Antunes
CATEGORIA MPB
Melhor Compositor: Juliano Guerra – Lama
Melhor Intérprete: Ricardo Fragoso – Canções de armar e desarmar
Melhor Instrumentista: Jucá de Leon – Canções de armar / Sons do silêncio / Com as próprias mãos
Melhor Letrista: Marco Gottinari – Tudo uma canção
Melhor Disco: Minha praia, de Kako Xavier
CATEGORIA ROCK
Melhor Disco: Canastra Suja, com Máquina Loucura
CATEGORIA INSTRUMENTAL
Melhor Compositor: Juan Schellemberg – Suite montevideana
Melhor Instrumentista: Gilberto Oliveira – Cordas pra que te quero
Melhor Disco: Suite montevideana, de Juan Schellemberg
CATEGORIA MÚSICA LIVRE
Melhor Compositor: Alércio – Musa hibrida
Melhor Intérprete: Leandro Maia – Mandinho
Melhor Instrumentista: Negrinho Martins – Latinamente
Melhor Disco: Musa Hibrida – Livro Livre premiobrasilsuldemusica.blogspot.com
Por: Mônica Jorge – assessora de comunicação
Fonte: http://www.ecult.com.br
Postar um comentário