quinta-feira, 13 de junho de 2013

Paulo Timm, Gilberto Isquierdo e Maurício Raupp lançam o disco Singular

     A singularidade presente em três amigos e irmãos de alma que fazem do 
poema e da melodia algo imprescindível no norte do seu trabalho, que é o Sul
A união dos músicos Paulo Timm, Gilberto Isquierdo e do letrista Maurício Raupp Martins resultou no projeto artístico-musical “Singular”, gravado entre 2011 e 2012, em Pelotas. A noite de outono de 4 de Junho (terça-feira) foi a data escolhida para a cidade de Pelotas receber o lançamento desta parceria, tendo um show aberto ao público, na Bibliotheca Pública Pelotense.

O surgimento do disco nasceu em uma edição do Sarau da BPP, onde Timm, Isquierdo e Maurício participavam. Com a afinidade e as parcerias já estabelecidas, a união fortaleceu a produção e a gravação do álbum Singular, contendo 12 faixas assinadas pelos três integrantes e contando ainda com parcerias especiais de Martim César e Alessandro Gonçalves, nas composições.

O disco tem a apresentação com as palavras do poeta e parceiro do projeto Martim César, o qual não hesita em usar da sensibilidade e do conhecimento ao projeto para descrever o disco: “Canções em que o olhar do artista da música e das imagens – e aqui escrevo Gilberto Isquierdo - consegue deixar timbrado o seu estilo único; como se ao musicar, pintasse um quadro. Melodias em que fica mais uma vez comprovada a sonoridade inconfundível de um talento com quem tenho orgulho de compartir tempo e espaço; e aqui me refiro ao Paulo Timm. Poesias que não se apegam a dogmas e nem a temas comuns, e que alcançam as visagens de noites zitarroseanas ou dos versos à la “Whitmann” que nos chegam feito cursos límpidos e puros de palavras singrando as terras do sul. Ou mais precisamente: as águas do sul. Nosso sul, Maurício Raupp.”

Depois de Pelotas, será a vez de Jaguarão receber o Lançamento do CD Singular, o que deverá acontecer em breve.

Sobre os integrantes:

PAULO TIMM: Músico, compositor e produtor musical. Natural de Jaguarão faz parte do movimento musical do RS desde 1995 quando participou da 2ª Edição do CIRIO – Canto Interuniversitário Rio Grandense – de Pelotas. Discografia: CD CAMINHOS DE SI (2004) – projeto poético-musical em parceria com os compositores Martim César e Hélio Ramirez. CD MARIA CONCEIÇÃO canta MARTIM CÉSAR E PAULO TIMM (2005), trabalho que registra sua trajetória como compositor de música latino–americana. CD DA MESMA RAIZ – Marco Aurélio Vasconcellos interpreta MARTIM CÉSAR, PAULO TIMM E ALESSANDRO GONÇALVES (2009). Atualmente dedica-se a divulgação de seu mais recente trabalho: o CD SINGULAR em parceria com Gilberto Isquierdo e Maurício Raupp Martins.

GILBERTO ISQUIERDO Natural de Jaguarão, artista visual, músico/compositor e arteterapeuta, reside em Pelotas desde 1977. É nas Artes Visuais que desenvolve desde os anos 80 extensa atuação com inúmeras exposições individuais e coletivas no país e exterior. Entre os anos 80 e 90, integra diversos grupos musicais, como: Coxilha/86, Natofício/90 e Voz e Cordas/93. Em 2004, lança o cd Campurbano. Em 2008, grava de forma independente o trabalho solo, intitulado Sons do Silêncio. Em 2009, lançou o livro Linha do Tempo. Atualmente, além do Lançamento do cd Singular, prepara seu próximo trabalho solo, o cd Transcender, com a participação de diversos músicos e letristas da região.

MAURÍCIO RAUPP MARTINS Advogado, natural de São Lourenço do Sul, possui dois discos gravados. “Sobre um homem que vinha num mouro e outras histórias”, com Joca Martins  e “Cantos de Lucha y Esperanza”,com Oscar Massita. É letrista do disco “Singular”, produtor e apresentador do Programa Cantos de Luta e Esperança, na RádioCom 104,5 FM e Cantos de Todos os Cantos, na Rádio litoral Sul, em São Lourenço. Possui diversas premiaçoes em festivais nativistas e  é membro da Comissão Artística do Reponte da Canção e um dos fundadores do Departamento de Arte e cultura Latino-Americana da BPP.

Publicado na Coluna Gente Fronteiriça do Jornal Fronteira Meridional em 05/06/2013


Postar um comentário