quinta-feira, 1 de maio de 2014

Guerreiro Menino


Nos versos da Música Guerreiro Menino do Gonzaguinha dedicamos este espaço à celebração de uma das datas mais importantes do nosso calendário, o Primeiro de Maio, dia do Trabalhador. O que seria mais significativo para marcar este dia se não a imagem destes homens que com seus barcos, pás e braços fortes, diariamente, faça chuva ou faça sol, extraem do leito do rio a areia que constrói esta cidade? Na figura destes mineradores, nossa homenagem a todos as pessoas que fazem do trabalho a sua honra, mesmo com todas as dificuldades.

Embora saibamos que há muito a conquistar relativamente aos direitos, salário e condições do trabalho, vide a luta pelas 40 horas semanais que já está com um projeto no Congresso Nacional, podemos dizer que depois de onze anos de governo trabalhista, o Brasil atingiu uma marca de desemprego de 5% em março de 2014, a menor taxa histórica para o mês, de fazer inveja aos países mais desenvolvidos do mundo. Só para comparar, a taxa de desempregados na Espanha é de 27%, em Portugal, 17%, na Itália, 12%, nos Estados Unidos, 7%. 

A continuidade deste Projeto de Desenvolvimento com Justiça Social e Distribuição de Renda é que estará em jogo em outubro. O trabalhador brasileiro saberá discernir quem está do seu lado. Viva o Primeiro de Maio!


Jorge Passos

Publicado na coluna Gente Fronteiriça do Jornal Fronteira Meridional em 30/04/2014


Postar um comentário