terça-feira, 27 de março de 2012

Audiência Pública discute implantação de Escola Técnica Binacional em Jaguarão


Prof. Ricardo P. Costa- futuro diretor do IF-Sul Jaguarão - Foto Fernanda Cassel


A Prefeitura Municipal de Jaguarão tem intensificado a mobilização em torno de uma ação que vai transformar para melhor a vida de muitas pessoas na fronteira: a implantação da escola técnica binacional em Jaguarão.

Na quarta-feira (21), no Auditório da Unipampa, foi realizada mais uma audiência pública para discutir o tema. A atividade contou com a participação especial do Professor Ricardo Pereira Costa, atual diretor do Campus IF-Sul Camaquã e futuro diretor do Campus Jaguarão, conforme anúncio oficial do Reitor Antônio Brod.

A cerimônia de abertura da audiência contou com as presenças do Prefeito Cláudio Martins, da Secretária de Educação, Maria da Graça Souza, do Presidente do Legislativo, Ênio Rigatti, do Diretor da Unipampa Jaguarão, Maurício Vieira, da Presidente do Sindicato dos Professores Municipais, Maria Túlia Arence e da Presidente do Conselho Municipal de Educação, Ana Helena de Ávila.

A Secretária Maria da Graça falou sobre o trabalho que a Secretaria de Educação vem realizando na parceria deste projeto e enfatizou os benefícios que Jaguarão terá com a implantação da escola. “Nossos jovens não precisarão mais colocar a mochila nas costas e ter que buscar qualificação em outras cidades. Eles irão encontrar essa oportunidade de educação profissionalizante aqui, irão garantir seu futuro, contribuirão com a vida de suas famílias e certamente com o desenvolvimento do município”, colocou Maria da Graça lembrando também que hoje Jaguarão comemora o crescimento da Universidade Federal do Pampa e possui um pólo da Universidade Aberta do Brasil.

Para o Prefeito Cláudio Martins é uma grande alegria poder ver o crescimento deste projeto que a cada dia vem se fortalecendo ainda mais. “ É uma satisfação saber que o Ricardo será o futuro diretor do Campus Jaguarão. Ele é uma pessoa de extrema dedicação no que faz, tem uma trajetória de sucesso  e sabemos que ele está comprometido e trabalhando firme neste processo de implantação da escola técnica binacional em Jaguarão”, afirmou.

Cláudio Martins ainda salientou o importante envolvimento das instituições uruguaias e dos dirigentes do IF-Sul, assim como a mobilização da sociedade que é fundamental neste processo. “Nós vamos continuar com um ritmo forte de trabalho sobre esse tema, pois acreditamos que esse projeto é de fundamental importância para o desenvolvimento da nossa fronteira”.

Após o encerramento da cerimônia de abertura o Professor Ricardo Costa fez uma breve apresentação do IF-Sul e mostrou um vídeo em que o público visualizou a consolidação do campus Camaquã e a qualidade dos projetos desenvolvidos, que têm ganhado destaque nacional e internacional.

Sobre o campus Jaguarão ele afirmou que o mesmo faz parte de um plano de ação do Instituto e possui um cronograma de ações. O trabalho das equipes, que está em andamento, já resultou em uma pesquisa prévia sobre o perfil local e dentro de duas semanas já deve estar com uma prévia do levantamento feito no Uruguai.

Hoje Jaguarão faz parte da terceira fase de expansão, junto com outros três municípios que já estão confirmados para receber as escolas técnicas federais.

Também prestigiaram a audiência o Juiz Dr. Cleber Fernando Pires, os vereadores Ariom Moreno e Oberte Paiva, a Diretora da Escola Técnica de Rio Branco, Sandra Garati, os Secretários Municipais, Paulo Vieira (Desenvolvimento Econômico), Alencar Porto (Cultura e Turismo), Lisandro Lenz (Desenvolvimento Rural), Patrícia Cunha (Fazenda) e Marcelo Victória (Ciadania), representantes de diversas instituições de ensino do município, entre outros.

Postar um comentário