quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Governabilidade?

Editorial do Jornal Fronteira Meridional publicado na edição dupla dos dias 19/26 de dezembro de 2012. 


Quem diria, Partido dos Trabalhadores (PT) e Partido Progressista (PP) juntos em um governo em Jaguarão? Pois é isto é o que deve acontecer para a próxima gestão do Prefeito Cláudio Martins já que os presidentes de ambos os partidos assinaram na última segunda-feira um protocolo de intenções onde fica definida tanto a intenção de participação do PP no governo municipal, quanto acordo para a composição da mesa diretiva e das comissões na Câmara de Vereadores.

Pois é, inimigos históricos em uma mesma trincheira para os próximos quatro anos? Se for em prol do desenvolvimento de Jaguarão, mesmo que haja conflito de ideias e interesses, mas que estes conflitos sejam bem administrados. Esperamos que possa dar certo. Até porque é isso que tem feito o Governo Federal desde os tempos do Lula, o que provou que deu certo para o país, levando o governo da atual Presidenta Dilma Roussef a ser o mais bem avaliado da história de nosso país.

Mesmo assim não deve estar sendo fácil para ambas as direções partidárias, romper com o paradigma de oposição histórica, consolidada até então pelos grandes debates na Câmara de Vereadores, outrora promovidos pelo atual prefeito, então vereador Cláudio Martins e vereadores de diferentes épocas do PP, e nos últimos quatro anos pelo enfrentamento constante que o Partido Progressista fez ao Governo Municipal, inclusive com apoio explicito a chapa de oposição ao governo encabeçada pelo PSDB, não deve estar facilmente sendo digerido pelas bases de ambos os partidos.

O que se ouve nas ruas é muito burburinho deste ou daquele que se posiciona contra ou a favor da composição, além de uma grande especulação em torno dos cargos, principalmente de secretários, que pelo que parece ainda não serão, pelo menos oficialmente, anunciados nesta semana. Também nas ruas e nas redes sociais se percebe um forte movimento contrário a composição, principalmente no que diz respeito ao cargo de Secretário de Cultura e Turismo que deve ser destinado ao PP, já que a área foi amplamente trabalhada pelo atual governo, tornando Jaguarão visível para o Brasil a partir de questões como o patrimônio histórico e arquitetônico e o carnaval.

Fato é que a intenção da composição está devidamente assinada por ambos os partidos, o que deve acarretar mudanças importantes em várias secretarias, até porque o protocolo consigna dois cargos de secretários municipais e um cargo de secretário adjunto para o PP, os primeiros na Secretaria de Obras e Serviços Urbanos que deverá sofrer alteração no nome passando-se a chamar unicamente Secretaria de Serviços Urbanos, além da já citada Secretaria de Cultura e Turismo. Já o cargo de adjunto, conforme aponta o protocolo deverá ser na Secretaria de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente.

Resta esperarmos pelo restante da composição do governo, que pelo que tudo indica deve manter o PDT na Secretaria de Desenvolvimento Econômico, dando continuidade à parceria que iniciou ainda na eleição de 2008 e que parece ter ganhado força e expressão no decorrer deste primeiro mandato, ficando as demais secretarias na mão do próprio PT.

Tudo pela tão falada governabilidade.

Boa Leitura a todos


Postar um comentário