segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Versos para Iemanjá



Com sua benção, estes versos dedicados a você, Mãe Iemanjá.

Cada vez que vou no rio
Junto pedrinhas brancas
Pra recordar o espelho azul
Das águas doces de Iemanjá

Pela costa, o arvoredo
Vai saudando com as mãos
Tuc- tuc do motor
Vai subindo o Jaguarão

Do profundo azul do rio
Nas mãos fortes, de uma pá
Vai surgindo o casario
Águas doces de Iemanjá

Nós também somos barqueiros
Navegando sem parar
Nossa areia são os versos
Que jogamos pra Iemanjá

Meu amor dança nas ondas
Peixinhos vem lhe beijar
O sol lá no alto brilha
Somos filhos de Iemanjá

A vida também é rio
Escorrendo para o mar
Vou tranquilo, vou sereno
Vou nos braços de Iemanjá


Jorge Passos





Postar um comentário