sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Ao Basílio Conceição



Num Tempo escasso de aventuras
Pássaro cativo, voastes
Proclamando a pampa livre
Ébria e louca
Conquistada verso a verso
Nos trovões de Ana Luz

Num tempo escasso de amores
Só tu soubestes como amar
Torto
Transgredindo normas
Vertendo acordes
Bob Dylan de bombacha,
Gaita de boca e violão.

Violastes, Basílio
Concebestes,
Vagastes!
Andas por aí
Na Groenlândia ou em qualquer lugar
Feito a sombra do bem vindo
Trazendo a luz em tuas mãos


Jorge Passos


Nascido e criado em Arroio Grande, cidade que amou com paixão ( o amor e o ódio se irmanam na fogueira das paixões) e que sempre esteve presente em suas composições, Basílio dedicou-se desde cedo à bebida, aos amigos, à farra, às mulheres (as fáceis e as difíceis), à música, (a menos fácil). Não necessariamente nessa ordem. Em suma, dedicou-se à boemia, à boemia produtiva, a fazer música.

Além disso, era bancário, profissão que exercia com certo zelo, digamos o zelo possível , tendo em vista as ocupações descritas anteriormente e um pouco conflitivas com este oficio convencional. Certo dia tomou uma decisão que mudaria o seu destino. Escreveu num pedaço de papel uma frase endereçada ao gerente e que deixou encima de sua mesa de trabalho. A frase dizia: O pássaro voou. E nunca mais apareceu no banco.

Gênio, irreverente , imprevisível, indomável, maldito.

O poeta e escritor Pedro Bittencourt Jr, também seu parceiro em algumas composições, conta que se tratavam mutuamente por diabo. Gostava muito de rock. Para se ter uma ideia, sua filha leva o nome de Janis Joplin Conceição.

Eu o conheci pessoalmente num festival em Arroio Grande lá pelos anos 80, uma roda de viola dentro de um barracão de lona. Relembro vagamente, pois também nos dedicávamos um pouco à bebida. Depois tocamos juntos alguma vez quando aparecia seguidamente no Bar Americando em Pelotas. Depois foi a Projeção com a vitória no Musicanto de Santa Rosa em 1984 e um trabalho cada vez mais criativo e fecundo.

Em 1990, Basílio morreu prematuramente num acidente automobilístico na estrada Pelotas- Rio Grande, justamente quando preparava o lançamento do seu primeiro LP.


Postar um comentário