terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Sonho em déjà-vu


Para Kenya 
Planando no teu sonho tu me viste,
fotografando a História numa esquina!
Ao cruzares por mim, sei que sorriste,
mas, fiel ao manifesto e à doutrina!
Pintava o sol, com cor de tangerina,
aquele espaço quase subversivo!
Saídos dessa cena bizantina,
fomos curtir um show educativo!
“A dúvida que tens, talvez eu tenha,”
falar-te-ia agora, sussurrando,
mas, me perdi em teu sono, e sem a senha,
numa várzea sem luz me vi vagando!

Dario Garcia
Jaguarão, 24 de agosto de 2012 


Postar um comentário