terça-feira, 30 de novembro de 2010

Eu penso, tu pensas...

Foto sobre escultura de Neusa Lopez - J. Passos

Corre um sorriso no rosto

Aquele pensamento fulminante

Que não entendo, nem domino

E quando menos espero

Pronto...


Mais rápido que a luz

Vem rompendo barreiras

Desmanchando minhas estruturas ultrapassadas,

Enferrujadas, jogadas ao tempo

À própria sorte


Em constante metamorfose

Ambulante como um andarilho

Expande-se num beijo

Retrai-se num pranto

Ancora no teu porto seguro


Viaja e se perde no espaço

Cai de pára-quedas em alguns versos que arrisco

É filho de um senhor encantamento

Com a prima Vera

E mora comigo desde que te conheci.


Daniel Moreira (revista-seja.blogspot.com)

Postar um comentário