quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Intuição

                    Antes de pisar em falso
                    E me entregar sem medo
                    Estaciono no meu tempo
                    Esqueço das horas pensando em ti

                    Essa sucessão de agoras infinitos
                    Dá razão a minha luta do instante
                    De ser feliz a qualquer preço
                    Mesmo que isso não importe

                    E os sonhos que sofreram transmutação
                    Nesse momento que olho o mundo de dentro
                    Estão cada vez mais perto de mim
                    Ao sentir-me cada vez mais longe do centro.


                                      Daniel Moreira (revista-seja.blogspot.com)
 
                    Arte: Raul Garre
Postar um comentário