quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Jaguarão em noite de Iemanjá

Ao som dos tamboreiros e dos cantadores, o povo de Iemanjá desfilou pela Avenida 27 de Janeiro até o cais do porto, local onde chegaram os braços escravos que ajudaram a construir o patrimônio desta cidade. Ali, formou-se o palco dos cultos umbandistas à Rainha das águas. Festa de resgate da etnia afrobrasileira, patrimônio cultural e religioso de Jaguarão.





Parabéns aos Centros umbandistas irmanados na realização desta bonita festa, à Secult e a todos os órgãos envolvidos na organização do evento.
Postar um comentário