quarta-feira, 18 de maio de 2011

Escola Técnica foi tema de Audiência pública em Jaguarão

Brasileiros e Uruguaios discutem instalação de Escola Técnica Binacional em Jaguarão


 A instalação de uma Escola Técnica Binacional em Jaguarão foi tema da audiência pública, que lotou o auditório da Biblioteca Municipal na tarde de sexta-feira (13). Na oportunidade, brasileiros e uruguaios debateram o tema que traz grandes benefícios para a fronteira, como a construção do desenvolvimento tecnológico para a região e mais oportunidades de acesso ao ensino público.
Como exemplo do sucesso desta luta que, no município, vem sendo articulada pelo Prefeito Cláudio Martins e pela Secretária de Educação, Maria da Graça Souza, foi citado pelas autoridades presentes, o campus avançado de Santana do Livramento e a Escola Técnica Superior de Rivera, que já oferecem cursos binacionais para estudantes brasileiros e uruguaios, em uma parceria do Instituto Federal Sul Riograndense (IFSul) e Universidade do Trabalho do Uruguai (UTU).
Para o Prefeito Cláudio Martins que defende um olhar diferenciado para as questões da fronteira é uma alegria poder contar com o importante apoio das lideranças que participaram da audiência e que estão se empenhando para que a comunidade da região seja contemplada com esse grande projeto.

O apoio da comunidade e das autoridades dos dois países também foi considerado fundamental pela Secretária Maria da Graça. “Esse é um sonho que vem sendo construído a muitas mãos. Queremos muito que todas as camadas da população da nossa fronteira e da região recebam e se apropriem deste espaço que vai fortalecer a educação, a cidadania, a geração de empregos e o desenvolvimento”, destacou.
Para o Secretário Nacional de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação, Eliezer Pacheco, o projeto que está sendo pensado para Jaguarão é a instalação de uma extensão do IFSul, atuando de forma integrada com o Uruguai. Ainda segundo Eliezer, que falou sobre o processo de investimentos em novas escolas técnicas, o fortalecimento da educação profissional e tecnológica contribui significativamente para o desenvolvimento do país. Ele ainda fez referências ao comprometimento com as matrizes produtivas e culturais de cada região.
Também integraram a mesa de autoridades na cerimônia de abertura o Reitor do IFSUL, Antônio Carlos Brum Brod, a Deputada Estadual e Líder do Governo Tarso Genro na Assembleia, Miriam Marroni(PT), o Alcalde de Rio Branco, Robert Pereira, a Diretora da Unipampa, Maria de Fátima Ribeiro, o Diretor Administrativo Financeiro da Superintendência de Educação Profissional do estado, Carlos Vilmar de Brum, o Coordenador da 5ª Coordenadoria Regional de Educação, Círio Almeida, o vereador Luis Alberto Dias(PP)-representando a presidência do Legislativo, e o Edil Departamental, Sandro Ferreira.

Postar um comentário