quarta-feira, 11 de maio de 2011

quarta capa



o poeta
é o que busca na palavra
a dimensão do átomo


o silencio extremo
por detrás de cada fato


o poeta é o etéreo e o ácido
na pele dos valores estáticos


estéticos são seus baralhos


o poeta é o vapor barato e o 
lance de dados
o acaso e o atalho


Macalé e Mallarmé
no mesmo saco


o poeta é um guapo



Poema do seu último livro "Poesia sem Pele" que será lançado em João Pessoa no dia 18 de maio. Aguardamos sua presença em novembro, na III Feira Binacional do Livro de Jaguarão. 
Postar um comentário