quarta-feira, 11 de maio de 2011

Unipampa convida para Conferencia alusiva ao 13 de maio



13 de maio de 1888 – Abolição da Escravidão no Brasil

Passaram-se 123 anos da Abolição da escravidão no Brasil. No dia 13 de maio de 1888, os trabalhadores escravizados, associados aos abolicionistas, anteciparam o fim do regime escravista que vigorava desde 1530. Parte da historiografia brasileira e do movimento negro organizado questiona a comemoração deste fato histórico. Porém, sabemos que, a partir dos anos 1860, cresceu no Brasil o movimento emancipacionista e, a seguir, abolicionista, que poria fim à escravidão, através da convergência das lutas dos segmentos abolicionistas radicalizados com a dos cativos, grandes interessados nessa transição, nos anos 1887-1888. A abolição foi a única revolução social vitoriosa no Brasil, até hoje.
Muitos discursos foram proferidos antes e depois da Abolição dos escravos. Escravistas defenderam a continuidade do sistema, enquanto que os abolicionistas desejavam acabar com o regime servil. Atualmente, percebem-se divergências quanto ao significado do dia da Abolição. Há os que negam esta data e outros que a consideram muito significativa, pois foram os escravos que minaram o sistema através das fugas, insurreições e aquilombamentos.  Sabemos que a linguagem verbal não é imparcial. As línguas naturais não são neutras e são forjadas pela história e pelos contextos sociais nos quais se desenvolvem.
No sentido de ampliar o debate sobre este fato histórico, o curso de História da UNIPAMPA e o grupo PET – História da África promovem conferências alusivas ao dia da Abolição da Escravidão.

Língua, História e Poder com a Dra. Florence Carboni, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

1888: A Revolução Abolicionista com o Dr. Mário Maestri, da Universidade de Passo Fundo.

Data: 13 de maio de 2011
Horário: 19h e 30min
Local: UNIPAMPA/Jaguarão

Postar um comentário