terça-feira, 19 de junho de 2012

Fronteira: cinema com novo sabor


Prédio do Cine Regente. Pérola do modernismo em Jaguarão que é preciso conservar
Foto: Jorge L. Stocker Jr

Cinema em Jaguarão era sinônimo de saudades. De um tempo que tinha ficado lá atrás, arquivado na memória de domingos em que as famílias iam assistir grandes clássicos ou pequenas histórias de amor, rir, chorar. As vizinhas se encontravam e os casais aproveitavam para namorar no Cine Regente.

Com esse sabor nostálgico é que o cinema retornou à Jaguarão. Não, é claro, no seu antigo espaço, que possui cerca de mil lugares, e que atualmente (por conta da televisão, dvd e tantos outros motivos da vida moderna) perdeu público, perdeu gente.

O cinema em Jaguarão retorna com a proposta de democratizar o acesso a milhares de filmes que são produzidos mundo afora. Um espaço democrático que respeita e escuta a voz do público. O cinema nasce como Cineclube. E com ele, renascem todas as coisas pelas quais suspirávamos, quase poéticas na sua simplicidade profunda: os encontros, conversas, viver histórias, conhecer lugares e culturas diferentes.

Em quase três anos de vida, o cineclube tem levado cinema a milhares de pessoas. Bairros, escolas, associações, famílias, crianças e jovens. Também conectou Jaguarão com o Brasil por meio do Conselho Nacional de Cineclubes, e com o Uruguai, através da Red de Circulación de Contenidos Audiovisuales. E por falar em Uruguai, o Cineclube também foi o espaço gestor da Semana do Audiovisual, que estará acontecendo do dia 12 à 17 de junho dos dois lados da fronteira.

Será uma intensa semana onde assistiremos filmes, realizaremos oficinas de produção de vídeos, bate papos, noite da poesia no bar, ocupação de espaços públicos como escolas, Liceo, pista de skate, Corredor das Tropas, Clube 24 de Agosto, APAE, CAPS Sitio Renascer e tantos outros.

Hoje, cinema para nós jaguarenses, vai sendo temperado com outro sabor: de novidade, múltiplas possibilidades, com um pequeno toque de nostalgia, em preto e branco, como um filme antigo.

O Cineclube funciona todas às quintas-feiras, às 20h na Casa de Cultura e tem entrada gratuita.



Maria Fernanda Passos
Jornalista, Secretária adjunta da Sec. de Cultura e Turismo de Jaguarão

Texto publicado na coluna Gente Fronteiriça do Jornal Fronteira Meridional no dia 13/06/2012






Postar um comentário