quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Escrever-te

Foto Raul Garré

Sensibilidade melancólica,

Poemas vão saindo pelos cotovelos.

Pensamentos me tiram o fôlego,

A vida já mudou para o lado b.


Saudade...


Solidão...


Já nem sei,

Queria você aqui comigo,

Queria escrever algo de bom,

Que tocasse o fundo do teu coração.


Mesmo distante,

Longe daquele instante.


Escrever-te alivia a pena,

A dor incontrolável de perder-te uma vez por dia.



Daniel Moreira

Um comentário:

Analva Passos disse...

Este menino tem talento!

UM DIA EN RIO BRANCO -URUGUAY ( Século XX)

Amanheceu. Da quinta vem o ruído da enxada limpando o pasto na volta dos morangos. São poucos, mas bem cuidados. O terreiro das galinhas já ...