sábado, 1 de outubro de 2011

III Canto do Jaguar - Hélio Ramirez- Cristina, a Louca das Ervas - Caminhos de Si


Show do Caminhos de Si no III Canto do Jaguar - Jaguarão, março de 2010.  Músicos, Hélio Ramirez, Régis Bardini, Paulo Timm, Alencar Feijó, Gelson Domingues (participação especial no acordeón) 

CRISTINA, A LOUCA DAS ERVAS - Hélio Ramirez
(Malambo)

Quem eram seus familiares ?
Ninguém da cidade sabia
Mas era conhecida por Cristina,
a louca das ervas
Morava num rancho solita
Já quase uma tapera
E benzia muito bem
Quando o "causo" era bicheira
Cristina, a louca das ervas
De olhar perdido no tempo
Aquele olhos tão negros
Como campo queimado a pouco

Yuyos, yuyos...
Marcela é bom pro peito
Palminha é a melhor cura
Pro índio que tomou pileque
Por causa de um amor

Corria uma estória no povo
Que era ela bela e rica
Que amou um "paisano"
Peão por necessidade
E "payador" por paixão
Que apareceu um dia morto
A mando de seu pai
Cristina fugiu de casa
Bandeou-se prá Banda Oriental

Outra estória dizia
Que era amante do Diabo
E todas as sextas-feiras
Recebia a infernal visita
No Cerro do Jiruá

Yuyos... Yuyos...
Milongo espanta cobras
Pros rins é o Quebra- pedras
Quando não é desculpa
Pro "cuera" não pegar na enxada
Postar um comentário