quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Tuitadas do @Jotapassos



Olhares forâneos. Recebi visitas de amigos que moram em Brasília. Elogios para Jaguarão, lugar encantador e que prima pela limpeza, disseram. Grandes possibilidades de trazer um evento nacional para o Largo das Bandeiras.

Tesouros que aqui se guardam. Estudante de arquitetura Jorge Luiz Stocker Jr. De Campo Bom escreveu magnifica matéria no seu blog DieZeit sobre viagem a Jaguarão. Teve conhecimento da cidade não pelos freeshops mas sim pelo projeto do Marcelo Ferraz na construção do Centro de Interpretação do Pampa. Edital de licitação ainda este mês.

Vestíbulos . Em Jaguarão, estes vestíbulos abertos acabam configurando um curioso caso de espaço coberto público-privado. Funcionam como uma continuidade das calçadas, visto que estas portas abrem de frente para elas, diretamente para a rua. As campainhas, por exemplo, estão situadas geralmente na parte de dentro destes vestíbulos, e são acessadas após a subida das escadarias.”

Vivenciando os espaços.A continuidade da utilização destes vestíbulos nos dias atuais configura uma peculiaridade muito interessante. Passeando pelas ruas, é comum encontrar muitas portas abertas, convidativas, revelando um pouco do espaço interno da edificação”.

A vocação para o turismo : “O interesse da administração pública local em promover a cultura e a valorização do patrimônio histórico do município é sem precedentes, e certamente trará bons frutos. Fui esperando encontrar muita coisa, mas não tanta! Fiquei muito surpreendido. Esse artigo saiu quase em uma euforia pós viagem. Jaguarão tem tudo pra ser o maior destaque em preservação histórica e turismo cultural no Rio Grande do Sul.”

Receita de sucesso . Junte-se um grande poeta, vencedor de vários festivais e um músico de renome e de tradição na música nativista. Tempere com um violão bem ponteado de um dos maiores instrumentistas gaúchos. Resultado poderá ser conferido no Lançamento do CD Já se vieram neste sábado, dia 08, no Cine Regente. Marco Aurélio Vasconcellos, Martim César e Marcelo Caminha.

Falando em música . Só uma pergunta. É proibido rodar música de qualidade nas rádios de Jaguarão? Infelizmente parece que sim.

Rádio. Elogio. Um dos melhores programas com informação de qualidade sob o comando do Fernando Soares na Cultura AM. Ligação Direta todos os dias pela manhã trazendo as atualidades da cidade e região.

Hermanos. Atuação do Presidente Mujica junto ao governo brasileiro invocando o Mercosul surtiu efeito. Aumento do IPI não vale para os carros chineses montados no Uruguay. Boa noticia para todos.

Dança. A partir de 10 de outubro, dentro do I Encontro Lazos Venezuela- Uruguay Jaguarão sediará o evento “Dança, comunidade e integração: A fronteira limite ou espaço imaginário para a criação”. Uma semana de intensas atividades em escolas, espaços culturais e universidade.

Cineclube. Dentro desse espírito, sessões de outubro dedicados à dança. Nesta quinta, Tango, filme fabuloso do cineasta espanhol Carlos Saura. 19:30 na Casa De Cultura. Entrada gratuita. Prestigie.

Texto publicado na Coluna Gente Fronteiriça do Jornal Fronteira Meridional do dia 05/10/2011
Postar um comentário