segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

vc repórter: arquitetura é principal atração de Jaguarão, RS

Enfermaria Militar é uma das quatro edificações tombadas em Jaguarão (RS)
Foto: Ubirajara Moura/vc repórter
Com cerca de 30 mil habitantes, a cidade de Jaguarão, a cerca de 400 km de Porto Alegre e localizada no extremo sul do País, não está entre os principais destinos turísticos do Brasil. Mas para os interessados em arquitetura, o município é de grande valia cultural, com mais de 800 prédios com fachadas conservadas com diferentes estilos arquitetônicos.

A principal atração são os portais de cada prédio clássico. O mais famoso é a Enfermaria Militar, localizado no ponto mais alto de Jaguarão, e um dos únicos que não foram reformados, sendo considerado Patrimônio da União, por pertencer ao Exército Nacional. A edificação é uma das quatro construções tombadas no município: somam-se a ela o teatro Esperança, o Mercado Municipal e a Casa de Cultura.

A Enfermaria Militar foi construída em 1880, com estilo neoclássico, e se localiza na região do Cerro da Pólvora. Tinha como objetivo servir como enfermaria para soldados e, depois, como prisão para presos políticos. Hoje, como está em ruínas, estuda-se a possibilidade de utilizá-la como museu ou com outros objetivos culturais. (já está em andamento a construção neste local, do Centro de Interpretação do Pampa, clique aqui para ver o projeto)

O teatro Esperança, construído em 1897 e também de estilo neoclássico, é considerado o terceiro melhor do País em acústica. Já a Casa de Cultura possui quase 200 anos e, atualmente, oferece cursos artísticos, além de abrigar a pinacoteca de Jaguarão. O último prédio tombado, o Mercado Municipal, data de 1864 e tem estilo colonial português, com formato lembrando o da letra "U".

Durante todo o ano, Jaguarão recebe eventos festivos. São eles: Motofest, em janeiro; Festa Crioula, em fevereiro; Exposição Internacional Meia-Lã, em março; Exposição de Cavalos Crioulos, em abril; rodeio, em maio; Semana Farroupilha, em Setembro; e Semana de Jaguarão, em Novembro.

Está na linha reta que liga Porto Alegre e Montevidéu, capital do Uruguai. De Porto Alegre, o acesso é via BR-116.

O internauta Ubirajara Moura, de Porto Alegre (RS), participou do vc repórter, canal de jornalismo participativo do Terra. Se você também quiser mandar fotos, textos ou vídeos, clique aqui.

Postar um comentário