quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Tuitadas do @Jotapassos


Carlos Latuff-Operamundi

Escrevo na noite de 11 de setembro. Nesta data, em 1973, os EUA apoiaram um dos piores atos terroristas perpetrados contra a democracia na América Latina. O golpe de estado no Chile que assassinou o presidente Allende e instalou a sanguinolenta e duradoura ditadura de Pinochet.

Falando em democracia, é comovedora a transformação de certo político jaguarense que sempre apoiou o governo militar no Brasil como fervoroso militante do partido de sustentação do arbítrio. Agora se diz preocupado com a tentativa de censura da imprensa por parte do PT. Isso renova nossas esperanças na espécie humana.

Sete de setembro em Jaguarão foi de festa popular e cívica. Desfiles militar e da Juventude com grande participação. Ressalto a melhoria de qualidade das bandas colegiais com muitos jovens que ali iniciam carreira musical, principalmente nos instrumentos de sopro. Realmente, a comemoração da Independência, conquistada a cada dia, se fortalece como atração turística em nossa cidade.

Circula nas redes sociais um desabafo do Faustão. É, este senhor mesmo. Diz o Fausto Silva, entre outras bobagens, que o Rio Grande do Sul devia se separar do resto do Brasil por ser muito mais politizado. O autor de palavras tão sábias é o mesmo que entra em sua casa todo o domingo e lhe enche a cabeça de lixo.

Boa notícia para a literatura. Abriu o Sebo Literatum sob o comando do estudante de Letras da Unipampa, Magnum Patron Sória. Todos os sábados, na General Câmara 768, compra, venda e troca de livros. O acervo, apesar do pouco tempo de funcionamento, já é bem considerável e os preços bem acessíveis.

Sobre número de vereadores na Câmara Municipal. Sou favorável ao aumento para 11 vagas. Não é hora de pensar pequeno. Ampliar a representação popular no legislativo sempre será positivo para nossa cidade. Quanto à qualidade, cabe ao povo escolher com consciência os bons políticos, que são maioria.

Já que o tema é Câmara Legislativa, há que se avisar certo vereador, famoso por suas qualidades bélicas, que resolver questões no braço com seus colegas não fica bem para um representante do povo. Ele foi eleito para elaborar projetos, debater ideias, fiscalizar o executivo, representar seus eleitores. E isto num clima de entendimento e democracia como manda a civilidade.

Benefícios sociais, econômicos, culturais serão os efeitos da cooperação entre as cidades irmãs de Jaguarão e Rio Branco. Compromisso foi firmado na Ata de Irmandade entre o Prefeito Cláudio Martins e o Alcalde Robert Pereira. O acordo, iniciativa do cônsul uruguaio em Jaguarão, Daniel Botta, faz parte das comemorações dos 200 anos das duas cidades e terá grandes atrações. Espetáculos de dança, cinema e Feira do Livro.

Cineclube na Casa de Cultura nas quintas feiras tem se firmado como opção de lazer e conhecimento. No documentário Acácio, a entrevistada portuguesa, ora morando no Brasil, comenta que por aqui as pessoas quase não tem mais histórias para contar. Alerta para o efeito nefasto da televisão que nos amordaça e nos padroniza. Tu pensas, tu existes. Levanta-te e anda! 


Jorge Passos

Texto publicado na coluna Gente Fronteiriça do Jornal Fronteira Meridional do dia 14/09/2011
Postar um comentário