terça-feira, 26 de outubro de 2010

JAGUARÃO - A CULTURA COM DILMA


Pela continuidade dos projetos culturais para Jaguarão, os ativistas culturais, artistas, professores e comunidade estavam presentes em Ato de Apoio à candidatura Dilma!

A Confraria estava lá e assinou o manifesto a seguir:

Manifesto Cultura com Dilma em Jaguarão

Há oito anos a cultura era vista apenas como a cereja do bolo, ou pior, servia como balcão de troca. Quem era amigo do rei levava. O dinheiro, que é público, destinado pela Lei Rouanet, se concentrava apenas no eixo Rio/São Paulo.

Hoje, podemos já colher os frutos da política iniciada pelo governo Lula. Criação do Ministério da Cultura, valorização da diversidade cultural, acesso aos mais diversos programas de fomento à cultura distribuídos em todo o país.através de editais. Literatura, dança, teatro, patrimônio histórico, música, contemplando todos os setores sem discriminação.

Um governo que investe em cultura, que respeita as mais diversas expressões culturais, investe em cidadania. No Brasil que dá certo, no Brasil de Lula e Dilma, as pessoas estão em primeiro lugar. Milhares saíram da pobreza, e outros tantos entraram para a classe média. Hoje os brasileiros tem o direito assegurado de consumir, de morar bem, e o mais importante, de se alimentar e alimentarem seus filhos, ao menos três vezes por dia. Isso também é investimento em cultura.

O governo Lula e Dilma, concretizou a palavra acesso. Criaram a UNIPAMPA, possibilitando assim, que os filhos de trabalhadores, no interior do país, tivessem acesso ao ensino público, gratuito e de qualidade.

Através de programas como o Mais Cultura, Lula e Dilma proporcionaram acesso ao cinema, através da criação de cineclubes, bibliotecas, praças de lazer e tantos outros. Valorizaram o fazer cultural, fortalecendo iniciativas das comunidades através da criação dos Pontos de Cultura.

Nosso patrimônio cultural, tanto material quanto imaterial, é visto hoje com orgulho e conta com investimentos nunca antes vistos na história deste país. Dilma criou o PAC das Cidades Históricas. Protegendo e zelando pelo que de mais representativo temos, nossos monumentos, nossos prédios e nossa história.

Jaguarão vive esse novo Brasil. Respira os bons ventos trazidos pelo governo Lula e Dilma, O Teatro Esperança, recebeu mais de um milhão para restauro, as Ruínas da Enfermaria, sete milhões para virar o Centro de Interpretação do Pampa, um cineclube, que proporciona de forma gratuita acesso as mais diversas obras cinematográficas. Temos hoje uma Universidade Federal aqui, além de tantas outras ações como a restauração da Ponte Mauá, Construção da segunda ponte, 2.000 famílias beneficiadas pelo Bolsa-Família, construção de casas populares, através do Programa Minha Casa, Minha Vida.

É por tudo isto, que apoiamos a candidatura de Dilma Rouseff . Porque sabemos que ela significa mais do que a continuidade destes projetos, ela significa o avanço. Significa a garantia de cada vez termos mais cultura, educação, saúde, infra- estrutura, qualidade de vida, cidadania.

Dia 31 Jaguarão irá confirmar. É Dilma, é 13, para o Brasil seguir mudando.
Postar um comentário