sábado, 5 de novembro de 2011

A Rua do Amor Mudou de Sentido


Mudou de sentido a Rua do Amor
O namoro, o flerte
O mate curtido
O apenas olhar
O trottoir tão antigo
De todo domingo
Com o telhado caído
Tem inverso sentido
Na Rua do Amor
  
O contorno
Na frente da Igreja
Com o carro tão novo
Te benze meu povo
Não dá mais pra fazer


Mas, não há nada perdido 
Mesmo com toda a sina
De um telhado caído 
Pela lei não foi proibido
Em todo o sentido
Amar como for

Jorge Passos

Postar um comentário