quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Ministra da Cultura visita início das obras do Complexo do Centro de Interpretação do Pampa



Na manhã desta quinta-feira, 15 de dezembro, a Ministra da Cultura, Ana de Hollanda, visitou o início das obras do Centro de Interpretação do Pampa (CIP), museu vivo sob responsabilidade da Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA) com foco nos aspectos da singularidade da região do Pampa Gaúcho. Participaram da visita também o Presidente do IPHAN, Luiz Fernando de Almeida, a Superintendente do IPHAN-RS, Ana Meira, o secretário de Estado de Cultura, Luiz Antônio de Assis Brasil, e o prefeito de Jaguarão, Claudio Martins. Todos foram recebidos pela reitora, Maria Beatriz Luce, pela pró-reitora de Extensão, Vera Medeiros, pelo pró-reitor de Obras, Cleidi Pinto, pela diretora do Campus Jaguarão, Maria de Fátima Ribeiro e por professores e técnico-administrativos da Universidade responsável pelo CIP.

Apesar da chuva que caiu durante o dia, no momento da visita havia sol e foi possível conhecer a área, caminhar pelo terreno e verificar a necessidade de estabilização das ruínas, primeira tarefa a ser realizada dentro do plano da obra. A Ministra pode conhecer o projeto e elogiou a bonita visão que se tem da frente da Antiga Enfermaria, localizada no Cerro da Pólvora. Uma placa alusiva ao início das obras e à visita da Ministra foi colocada para destacar esse importante momento na construção do Centro.

A agenda da ministra Ana de Hollanda em Jaguarão iniciou na quarta-feira, 14. Durante a noite, foi realizada cerimônia no Cine Regente, com a presença de autoridades do Estado e da região. Ao compor a mesa de honra, a reitora da UNIPAMPA falou sobre o projeto da Universidade que está na fase de início de obras, o Centro de Interpretação do Pampa. Ela salientou a importância do projeto para Jaguarão e para a Instituição, e o presidente do IPHAN agradeceu a parceria da UNIPAMPA com o Instituto para a concretização do projeto. 
A ministra da Cultura disse em seu pronunciamento que a cultura possui uma ação transversal com outras áreas, e por isso a importância de aprofundar ações da cultura com a educação. Além disso, salientou o esforço na aproximação com os países irmãos a fim de trabalhar a cultura na região fronteiriça. “A cultura dialoga com os valores do cidadão”, comentou Ana de Hollanda. Salientou, ainda, a união dos ministérios na construção do CIP, por meio da UNIPAMPA.

O Prefeito de Jaguarão, Claudio Martins, disse que Jaguarão recebe um grande presente com os investimentos do Ministério da Cultura, e um dos mais importantes é o Centro de Interpretação do Pampa. “O projeto é referência no Brasil e orgulha Jaguarão, é um símbolo de resgate da cidade e da região”. Na ocasião, o prefeito entregou à Ministra o projeto de melhoria do entorno da Enfermaria Militar, local onde será erguido o complexo do CIP. ”Será o maior projeto de urbanismo desenvolvido na cidade, vai melhorar a vida do entorno das ruínas”, destacou.

A cerimônia de quarta-feira finalizou com a assinatura de convênios e acordos entre o MinC e prefeituras da Associação das Cidades Históricas do RS e com a apresentação cultural do grupo Caminhos de Si.

Helyna Dewes e Aline Reinhardt para Assessoria de Comunicação Social. Fotos: Helyna Dewes
Postar um comentário