quarta-feira, 25 de abril de 2012

Mob Art - Invasões culturais em Pelotas e Jaguarão


 Intervenções culturais são realizadas na Região Sul do Estado

Foto Carlos Walker - Especial DP
Nesse fim de semana, a Zona Sul vai ter a oportunidade de presenciar um ambicioso projeto artístico em fase de crescimento. O espetáculo Mob Art - Invasões culturais é a primeira realização do grupo Mob Art no sul do país, depois de dois eventos em São Paulo, e ocorre na sexta-feira (27) em Pelotas e no sábado em Jaguarão, com entrada franca.

Em Pelotas, as invasões serão no Instituto João Simões Lopes Neto: às 19h, o lançamento do oitavo livro do poeta e escritor gaúcho Antônio Carlos Marques, intitulado Jardim sem muros e mostra fotográfica do artista pelotense Alexandre Schlee Gomes; às 20h, show do músico paulista, criador do Mob Art, Carlos Walker, ao lado do pianista e compositor Carlos Rebouças.

O grupo foi criado justamente com o objetivo de unir expressões artísticas distintas, vindas de todo o país. A produtora Ana Carril, que, juntamente com Iná Eloísa Grabin e a Vertentes Filmes, traz o evento a Pelotas, afirma que, para participar, não é necessário nem ser artista. "O que define é o envolvimento com a cultura. Pode ser um apreciador, o importante é integrar esse desejo, é estar aberto para conhecer outras culturas."

Ela diz que o show vai viajar o Brasil e, em cada cidade, integrar artistas locais. O fotógrafo Gomes foi escolhido para representar Pelotas, com a mostra Cenas do cotidiano. Em Jaguarão, a mostra trará o pintor jaguarense Cláudio Viegas e o xilogravurista uruguaio Leandro Barrios.

Lendas do sul

Carlos Walker, músico que já trabalhou com Radamés Gnatalli, Egberto Gismonti e Hélio Delmiro, apresenta obras de Hermeto Pascoal, Lúcio Gregori, Tom Jobim, Piry Reis e outros, além de três canções do futuro disco Lendas do sul. As canções, baseadas em contos do escritor João Simões Lopes Neto e de outros escritores, são parcerias com Rebouças e o letrista Carlos di Jaguarão. As canções serão gravadas não apenas por Carlos, mas por artistas de várias partes do país.

Jaguarão diz que um dos objetivos do trabalho é levar as lendas do sul para cima. Foi esse projeto que integrou a Vertentes Filmes ao Mob Art: um roteiro baseado nas canções está sendo criado e elas vão se tornar videoclipes. A ideia do grupo é produzir, todos os anos, CDs, livros, vídeos, exposições e shows, unindo artistas novos e veteranos.

Serviço
O quê: Mob Art - Invasões culturais
Quando: sexta-feira (em Pelotas)
Onde: Instituto João Simões Lopes Neto, Dom Pedro II, 810
Quanto: entrada gratuita, com retirada de convite no próprio Instituto, das 14h30min às 18h

Por Roberto Soares Neves - Caderno Zoom
Fonte: http://www.diariopopular.com.br

Postar um comentário